Tag Archives: socorro

Dia da Vergonha Heterossexual

2 ago

Hoje, dia 02 de agosto de 2011 o Brasil ganhou o seu Dia da Vergonha Heterossexual. Porque eu tô com vergonha, com muita vergonha de ser hetero hoje!

DOH

Né pra morrer de vergonha?

Pra quié, alguma alma piedosa me explique, essa necessidade de afirmação hétero? Naonde que hétero é gente que sofre, gente oprimida, gente que precisa de um dia pra dizer: Ei, eu existo e exijo respeito? Naonde, me fala? Quando que um heterossexual apanhou por ser hétero? Ou foi xingado só por isso? Quando um hétero perdeu seu emprego, foi acusado de ser pedófilo, foi xingado de aberração, foi expulso de casa, virou motivo de chacota ou sofreu bullying na escola apenas pelo fato de ser hétero?  Porque diabos a parte opressora quer um dia pra ela? Uma mariola e um beijo estalado pra quem respondeu: pra oprimir mais!

E agora? Cumé que eu vou sair de casa com essa vergonha medonha que eu tô sentido por ser heterossexual?

Cês têm certeza que esse negócio de opção sexual não existe mesmo? Jura? Porque, ó, deu vontade de virar sapa depois dessa, viu?

Ai, que vergonha!

es-vergonha_r

Vamos aguardar a criação do Dia do Orgulho Branco… Não há de tardar!

Já pode surtar?

16 jul
12/07/2011 – 1:30h

Não tá fácil, rapêize. Essa semana está sendo surreal. Francisco está chatíssimo e eu desconfio que seja saudade do pai, que embarcou na segunda.

Eu sei é que eu tô exausta, não aguento mais ouvir criança chorando, minha coluna tá doendo, meus ombros estão doendo, eu tô com sono acumulado (e dor de sono é um negócio que nem tem explicação), meu mau humor está no nível máximo, e eu vou surtar a qualquer momento.

O bichinho teve febre, ficou manhoso, resolveu frazer greve de fome, só quer saber de dormir se ficar o tempo todo no colo, caso contrário acorda e berra sem dó nem piedade, deu um grito tão alto e tão estridente no meu ouvido que tá doendo e zumbindo desde então, não pode ouvir um ‘não’ que começa a ladainha, ai de mim se sumo da vista dele por um segundo, acordou às 4h e nunca mais quis dormir… Olha, tá complicado o negócio, eu não sei o que é que eu faço pra ele se acalmar e eu descansar um pouco.

Eu sei que quanto mais nervosa eu fico, mais ele se estressa, mas cumé que me acalmo no meio desse furacão, me explica… Alguém tem um Rivotril pra me arrumar, fazfavô?

15/07/2011 - 6:30h

No geral, Francisco é calmo, bonzinho mesmo. Faz bagunça, tenta se matar umas 30 vezes por dia, faz uma birrinha aqui, outra ali, mas é fácil lidar com ele. Faz tempo que não dá trabalho pra dormir, come praticamente numa boa, brinca tranquilo sozinho quando preciso deixá-lo no berço ou no cercado pra fazer alguma coisa… Mas essa semana alguma coisa desandou e eu acho que eu não tô sabendo lidar com isso. #mãedemerda

Preciso dar um jeito de me acalmar um pouco, e tentar descobrir o que anda afligindo o meu bebê. Só assim as coisas vão se endireitar de novo. Porque, ou as coisas voltam ao normal, ou eu surto. Não dá mais é pra eu chorar junto (e é o que tá rolando: ele começa e eu vou no embalo).

Eu sei que ‘é só uma fase’. Mas, vem cá, essa fase não termina não, hein?

Sábado, 16 de junho de 2011 - 2h

SERENATA PRA MAMÃE

%d blogueiros gostam disto: